Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

20/08/2015

Títulos inspirados (46) - «Quer engravidar? Será que está a fazer tudo bem?»


Li três vezes este título do Observador, apesar de parecer estar dirigido ao sexo feminino – «sexo» que a idiotia do PC (politicamente correcto) passou a chamar «género». Fui ver se o artigo tinha desenhos a exemplificar como «fazer tudo bem», tipo ilustrações do Kamasutra. Desilusão. Só tem conselhos, na sua maioria tão aplicáveis ao sexo para engravidar como às doenças da coluna.

É mais uma maldição: para pagar as facturas, até os jornais inteligentes têm de ter conteúdos estúpidos, o que, apesar de tudo, é preferível aos jornais estúpidos terem conteúdos inteligentes que nos obriguem à trabalheira de catar as agulhas da clarividência no palheiro da boçalidade.

Sem comentários: