Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

30/08/2015

Exemplos do costume (33) – L’exception française

Se a Espanha governada pelos conservadores do PP poderá ser um bom exemplo, a França governada pelos socialistas poderá ser um exemplo do costume.

Como foi o caso da missão a Berlim de que foi incumbido Emmanuel Macron, o ministro menos colectivista do governo Hollande, para convencer em directo a audiência constituída por embaixadores alemães e em diferido os inquilinos do Bundeskanzleramt e do Reichstag de que a França está a fazer as reformas necessárias, mas para manter a Zona Euro são necessárias mais duas coisas: «maior convergência entre os membros e também transferências». Tradução: mais um salto em frente e a Alemanha paga a despesa.

Acontece que o ministro Macron tem toda a razão com uma década e meia de atraso e hoje não existem mais as condições económicas, sociais e políticas para saltos para a frente e o eleitorado alemão já não está pelos ajustes de pagar mais despesas.

Sem comentários: