Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/02/2015

Dúvidas (76) – It’s a bird, it’s a plane, it’s Superman? It’s Alexis & Yanis


No seu afã de promover a imagem do governo grego e fazer passar as suas chantagens delirantes por algo de coerente e fazível, os jornalistas da causa grega usam o melhor da sua imaginação. Pedro Santos Guerreiro, que com o seu estilo gongórico até é bom no género mau, descreve no Expresso online o que na cabecinha dele é essencialmente a «negociação» entre a Grécia e Alemanha com o exemplo do «jogo do cobarde» em que estes dois países são camiões que se vão cruzar numa estrada onde só cabe um.

Por coincidência, ou talvez não, José Ferreira Machado, ex-director da Faculdade de Economia da Nova, usou no dia seguinte no jornal SOL o mesmo exemplo trocando a Alemanha pela UE e o camião da Grécia por um chaço em mau estado e concluindo «o resultado da colisão frontal não é simétrico: um perderá a ‘vida’ e outro sofrerá, somente, um arranhão

Sem comentários: