Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

11/02/2015

Apanha-se mais depressa um mentiroso do que um coxo (por vezes)

Ainda não tinha secado a tinta dos jornais que citaram«plano B que é obter financiamento de outra fonte» (Rússia, China e EU) de Panos Kammenos, ministro grego da Defesa, e já o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros grego garantia ter a China oferecido financiamento.

Ainda não tinha secado a tinta dos jornais que citaram o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros grego e já «o ministro dos negócios Estrangeiros chinês garantiu esta quarta-feira através do seu porta-voz que não tem conhecimento de qualquer oferta de Pequim para ajudar a Grécia

Devemos reconhecer que, até agora, quem fez mais para inviabilizar os planos lunáticos do governo Syriza-Anel não foi a Alemanha, nem a CE, nem mesmo o poderoso Passos Coelho. Foram os lunáticos.

Sem comentários: