Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

17/08/2013

SERVIÇO PÚBLICO: Desiguais, mas não muito

Um dos temas favoritos da esquerdalhada é a suposta esmagadora e crescente desigualdade salarial em Portugal. Crescente talvez, esmagadora nem por isso.
Fonte: Economist
Repare-se também na diferença moderada entre os salários mais baixos e a mediana dos salários (isto é, um valor tal que metade dos trabalhadores têm um salário mais baixo ou igual e a outra metade um salário mais alto).

2 comentários:

Vítor Alves Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse...

E, também não deixa de ser curioso, ser precisamente entre os países defensores das soluções da "austeridade" - Alemanha, Holanda, por ex. -, que se encontram as sociedades onde essa desigualdade é menor.

Diz alguma coisa das narrativas hipócritas de alguma esquerda de suposta "ética implacável"...

Cumprimentos.