Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

14/08/2013

Dúvidas (25) – Não seria suficiente para tocar a buzina do desconfiómetro?

Em Janeiro de 2012, isto é há 18 meses, a Direcção-Geral do Tesouro e Finanças publicou o seu Boletim informativo sobre o Sector Empresarial do Estado relativo ao 2.º Trimestre 2011, onde inseriu vários quadros com informações sobre os contratos swaps. Com estes dados não se perceberia já nessa altura o potencial de perdas das bombas deixadas pelo governo socialista?~

  • IGRF = Instrumentos de Gestão do Risco Financeiro (contratos swap)
  • MtM = Mark to Market (valor de mercado dos IGRF)
  • Diversificação = operações contratadas que têm por finalidade o ajuste da carteira de passivos como um todo, sem suporte direto num passivo contratado (leia-se swaps ditos especulativos)

Sem comentários: