Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/08/2013

DIÁRIO DE BORDO: Homofóbico? Moi?

De vez em quando, um ou outro leitor do (Im)pertinências questiona-nos sobre a inclusão da homofobia no moto que define o blogue. Segundo esses leitores, a homofobia é incompatível com o nosso proclamado livre pensamento. Se calhar é, mas o que queremos dizer com homofobia é que, apesar de aceitarmos a homossexualidade (seria estúpido recusar um facto da vida) e não a estigmatizarmos, consideramos a sua prática um comportamento desviante e a sua promoção eticamente reprovável. Para evitar mal-entendidos alterámos o moto.

2 comentários:

Anónimo disse...

Eu também acho que a vossa visão da homossexualidade é contra o espírito "live and let live".

tina

Anónimo disse...

Sempre houve e haverá Omo sexuais.
Sempre houve e haverá pessoas que gostam e pessoas que não gostam.