Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/03/2011

Nem todos os obamas de Obama fazem felizes os obamófilos: episódio (49) – Obama o melhor amigo de Bush

«No one has done more to revive the reputation of Bush-era antiterror policies than the Obama Administration. In its latest policy reversal, yesterday Mr. Obama said the U.S. would resume the military tribunals for Guantanamo terrorists that he unilaterally suspended two years ago, and he may even begin referring new charges to military commissions within days or weeks.»

Por falar em traições aos obamófilos, não será esta intervenção na Líbia menos justificada do que a no Iraque, pelo menos no score de vítimas do coronel Kadhafi que está a milhas do score de Saddam?

Alguns notórios obamófilos desiludidos: Michael Moore, Louis FarrakhanAndrew Sullivan [lido no Insurgente].

Sem comentários: