Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/03/2011

ESTÓRIA E MORAL: Empurrando despesas

Estória

O governo de José Sócrates, nos intervalos de tentar vender o país, simbólica uma vezes e literalmente outras, para não perder o treino na engenharia orçamental, tenta convencer o Eurostat a reabrir as contas de 2008 para lá meter os 2 mil milhões que custará a nacionalização do BPN. Nacionalização que até «não custou nada» ao Estado e mostrava «melhorias significativas nas suas actividades».

Moral

Se não podes empurrar despesas para o futuro, empurra-as para o passado.

Sem comentários: