Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

12/03/2011

Lost in translation (95) – Rigor? Já fizemos engenharia orçamental no passado. Voltaremos a fazê-lo no futuro, queria ele dizer (XX)

Parece que os técnicos do BCE e da Comissão durante uma visita não guiada às minas das contas socráticas, escarafuncharam um buraco na engenharia orçamental. Foi tempo e dinheiro perdido. Melhor teria sido se aproveitassem a estadia para bater umas bolas nos nossos soberbos campos de golfe e lessem os blogues independentes (*) que há 6 anos escarafuncham as minas contabilísticas dos governos Sócrates, administradas pelo pior dos melhores melhor dos piores ministros das Finanças. Teriam encontrado não um buraco mas uma apreciável colecção deles.

(*) Sem querer puxar a brasa à sardinha do (Im)pertinências, o Blasfémias, o Insurgente, o Quarta República, para só citar alguns.

Sem comentários: