Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

30/09/2011

Resultado ao intervalo: Paulo Macedo 1 - presidente vitalício das farmácias 0

Em 28-02-2010, escrevi aqui: «uma das últimas trapalhadas que emerge das escutas publicadas pelo Sol é o decreto à medida da Associação Nacional de Farmácias (ANF) que o animal feroz José Sócrates ajeitou depois de aprovado no conselho de ministros, pressionado pelos rugidos dum outro animal ainda mais feroz – o presidente vitalício da ANF

Ontem, a Direcção da Associação Nacional de Farmácias demitiu-se por ter sido, segundo o seu presidente vitalício João Cordeiro, «marginalizada da discussão de uma problemática vital para os doentes e para a sobrevivência das farmácias».

Sem comentários: