Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

23/09/2011

ESTADO DE SÍTIO: Porque não estou surpreendido?

O Tribunal considerou-se incompetente para julgar a acção do BPN contra alguns amigos do presidente.

Berardo testemunhando no caso BCP, considerou-se disléxico para justificar a falta de memória para as datas. A dislexia não o impediu de ter apresentado em tempos documentos internos do BCP. Esses documentos, cruciais para a prova contra a antiga administração, podem vir a ser considerados obtidos com violação do sigilo bancário e, nesse caso, o processo será anulado.

A minha memória está um pouco enfraquecida e talvez por isso não me recordo de nenhuma figura do regime ter sido até hoje julgada e condenada, seja pelo que for.

Sem comentários: