Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

25/09/2011

DIÁRIO DE BORDO: Enriquecimento quê?

Regulamentação do enriquecimento ilícito? No plano conceptual tenho uma opinião formada: sou contra. No plano da praxis, como eu diria no final da minha adolescência política, não tenho a certeza. Depende do que seja isso do ilícito.

Por falar nisso, suspeito que a esquerdalhada, para cuja vulgata qualquer enriquecimento não é lícito, não tendo espaço político para condenar todo o enriquecimento depois da falência geral do «socialismo real», resigna-se a criminalizar só o ilícito.

Sem comentários: