Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

09/09/2011

CASE STUDY: Concorrência imperfeita

Mais operadores não é condição suficiente para garantir mais concorrência e preços mais baixos, como se pode constatar neste exemplo das tarifas dos telefones fixos para empresas (preços corrigidos pelas paridades de poder de compra). No caso português, a «concorrência» do operador incubente (PT) com os outros (Vodafone, Optimus e Zon) coloca-nos no pódio dos preços mais caros.

Uma tarifa mexicana

Sem comentários: