Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

05/10/2016

BREIQUINGUE NIUZ: Guterres a secretário-geral

«Security Council Backs António Guterres to Be Next U.N. Secretary General»

Agora que, aparentemente, estamos prestes a ter um fugitivo da política nacional a presidir a uma organização de Estados na sua maioria autocráticos, já podemos perder a vergonha de ter tido um outro fugitivo da política nacional a presidir a uma outra organização de Estados democráticos?

3 comentários:

Anónimo disse...

Muito boa malha!

Unknown disse...

Desculpem a presunção - mas acertei...
O homem de palha ideal para o lugar...

Anónimo disse...


Apesar de tudo, a trajectória dos dois fugitivos não foi a mesma.

Independentemente disso, é ridicula a necessidade que temos cá no burgo de enchermos o ego porque um compatriota chegou a um posto com tanta visibilidade. Mostra bem quão pequenos somos.

Agent Provocateur