Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/07/2013

Pro memoria (120) - Diz-me para onde vais, dir-te-ei quem és

Uns saem do governo, depois de arruinarem o país, e vão para viver luxuosamente de fundos de proveniência desconhecida para o XVIe arrondissement. Outros trabalharam (com sucesso reduzido) para fazer sair o país da falência onde os primeiros o deixaram e voltam à Rua do Comércio e ao business as usual.

Se não se fazem democracias sem democratas, também não se fazem governos com integridade sem pessoas com integridade.

Sem comentários: