Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

20/07/2013

CASE STUDY: António Champalimaud revolve-se na tumba (7)

[Outras revoltas na tumba: (1), (2), (3), (4), (5) e (6)]

A Fundação Champalimaud sob a presidência de Leonor Beleza está cada vez mais parecida com o Portugal socialista dos elefantes brancos, das autoestradas, dos aeroportos e dos TGV: quanto mais dinheiro já foi torrado e quanto menos dinheiro resta para torrar e menos lhe emprestam, mais projectos anuncia.

Desta vez foi a participação no «Human Brain Project» para desenvolver um modelo em computador do cérebro humano e a criação de uma equipa para trabalhar na área do cancro do colo-rectal, tudo anunciado pela presidente no último Conselho de Curadores. Aguardo com curiosidade as contas de 2012, ainda não publicadas, para ver o que resta do legado de António Champalimaud.

1 comentário:

Anónimo disse...

Ver Diretor do Centro Champalimaud, Zvi Fuks, pagou milhoes devido a fraude. Capa Diário Notícias 15 Novembro de 2013