Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

06/07/2013

O Verão quente já não é o que era. Só mais um calor de verão e a manif foi ao chão

«A manifestação marcada para sábado junto ao Palácio de Belém para pedir a queda do Governo está aberta a todos.» (4.ª Feira)

«A CGTP decidiu alterar o programa relativo ao protesto convocado para sábado, em Belém, devido às temperaturas elevadas previstas para Lisboa.» (Sexta-feira)

«Centenas de manifestantes juntaram-se ao protesto promovido pela CGTP junto ao Mosteiro dos Jerónimos para pedir a demissão do Governo». «É só mais um empurrão e o Governo vai ao chão» gritaram. (Hoje)

Apesar da preciosa ajuda do agitprop do jornalismo de causas, a manifestação de «centenas» contra o governo em Belém foi esmagada pelas centenas de milhares das manifestações da luta contra o calor em todas as praias do país.


Manifestação em Carcavelos esta manhã (em cima) e em Belém (em baixo),
numa foto do Expresso em formato assim o fiasco não fica tão evidente

Se pensa que agitprop do jornalismo de causas é uma figura de estilo, pense duas vezes e veja neste vídeo da RTP – o «canal de serviço público» - como por conveniência de encenação a residência oficial do PR se mudou para o Rossio.

1 comentário:

pvnam disse...

Os «PORTUGUESES-DO-PREGO» (leia-se, os portugueses que estão a colocar Portugal no prego) falam em despesa "não enquadrada" na riqueza produzida... e depois:
1- metem o país a fazer empréstimos… para pagar empréstimos;
2- vendem recursos estratégicos para a soberania... à alta-finança/capital-global;
3- após terem conduzido o país em direcção à bancarrota... começam a proclamar federalismo… (leia-se, implosão da soberania);
4- etc.
.
.
-> Não é com um partido nacionalista que Portugal vai conseguir SOBREVIVER!...
-> Para sobreviver Portugal precisa de um Movimento Nacionalista que 'corte' (SEPARATISMO-50-50) com os «portugueses-do-prego».
.
.
.
P.S.1
-> Andam por aí muitos 'nacionalistas' a mandar areia para cima dos olhos de OTÁRIOS… leia-se, adoram falar em 'fait-divers'… desviando as atenções daquilo que é essencial: uma ESTRATÉGIA DE LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA da Identidade!
{nota: uma NAÇÃO é uma comunidade duma mesma matriz racial onde existe partilha laços de sangue, com um património etno-cultural comum. Uma PÁTRIA é a realização de uma Nação num espaço}
.
.
P.S.2.
--- Nazismo não é o ser 'alto e louro'... mas sim a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros!...
--- Os nazis desmultiplicam-se na busca de pretextos... para negar o Direito à Sobrevivência de outros...... um exemplo: os nazis 'globalization-lovers'/(anti-sobrevivência de Identidades Autóctones) buscam pretextos... para negar o Direito à sobrevivência das Identidades Autóctones.
--- Pelo contrário, os SEPARATISTAS-50-50 não têm um discurso de negação de Direito à sobrevivência de outros... os separatistas-50-50 apenas reivindicam o Direito à Sobrevivência da sua Identidade! (obs: os 'globalization-lovers' que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa)
{nota: há que mobilizar os nativos... que... possuem disponibilidade emocional para abraçar um projecto de Luta pela Sobrevivência}
{nota 2: os portugueses-do-prego não defendem uma estratégia de renovação demográfica (média de 2.1 filhos por mulher9… os portugueses-do-prego 'dão musica' a parvinhos-à-sérvia... vide Kosovo…}

.
.
P.S.3.
--- Existem mais de 1200 milhões de chineses, existem mais de 1200 milhões de indianos, etc, etc, etc… e… existem Nazis-Democráticos!
--- Os Nazis-Democráticos insistem em acossar/perseguir qualquer meia-dezena de milhões de autóctones que defenda a sobrevivência da sua Nação/Pátria… leia-se: os Nazis-Democráticos pretendem determinar/negar democraticamente o DIREITO À SOBREVIVÊNCIA de outros…