Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/07/2013

AVALIAÇÃO CONTÍNUA: Por muito menos, outros foram galardoados com um Nobel da Economia

Secção Assault of thoughts

Michael Pettis, professor na Faculdade de Economia e Gestão da Universidade de Tsinghua em Pequim defende, segundo o Expresso, que «talvez a melhor coisa que Portugal pode fazer e que os outros países endividados da zona euro podem criar é um cartel de devedores e negociarem conjuntamente como grupo para forçar a Alemanha a aumentar a sua procura interna e a concordar numa reestruturação ordeira da dívida, pois provavelmente entre 30 a 40% da dívida soberana terá de ser perdoada no final

Esta ideia da cartelização dos devedores merece pelo menos 3 ou 4 ignóbeis. Só não faz o pleno porque lhe falta a componente de cartelização dos credores que está longe de ser feita com a troika que representa mais os futuros credores do que os actuais.

Sem comentários: