Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

21/06/2016

CASE STUDY: Um minotauro espera a PT no labirinto da Oi (19) – os lesados de Sócrates

[Outras esperas do minotauro]

Quatro anos depois do primeiro post de uma série com este sugestivo nome dedicada à génese e às manobras relacionadas com a venda da Vivo e a compra de uma participação da PT na Oi, ficou-se a saber que a Oi, para quem foram transferidas as dívidas da Portugal Telecom, acabou de requerer a recuperação judicial. 26 de Julho é a data do reembolso de uma emissão de obrigações de retalho de 230 milhões de euros detidos por pequenos investidores portugueses que poderão a ficar a ver navios.

Recorde-se que a PT pagou a participação na Oi ao dobro do preço numa operação cozinhada e apadrinhada por Lula e José Sócrates, operação que este último classificou como «um excelente negócio».

Depois da saga dos «lesados do BES», lá teremos mais a saga dos lesados da PT. Aproveitando uma das campanhas do animal feroz, poder-se-ia aplicar o Simplex e passar a abranger todos os endrominados como «LESADOS DE SÓCRATES».

Sem comentários: