Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

21/12/2014

QUEM SÓ TEM UM MARTELO VÊ TODOS OS PROBLEMAS COMO PREGOS: O alívio quantitativo aliviará? (10) – Aliviar não sabemos, mas espevita o mercado imobiliário do Japão

Outras marteladas.

aqui e aqui vimos que o alívio quantitativo prosseguido pelo banco central japonês está a aliviar a economia que se contraiu no 3.º trimestre. Em contrapartida, o alívio está a espevitar o mercado imobiliário cujos preços estão a aumentar em 80% dos locais.

Fonte: Economist
É muito instrutivo verificar que a bolha imobiliária, cuja explosão em 1990 marcou o início de um longo período de estagnação da economia japonesa, pode estar novamente a inchar à custa dos efeitos colaterais das medidas que visariam retomar o crescimento. Nada, porém, que ponha em causa a fé dos bancos centrais nos poderes miraculosos deste tipo de medidas.

Sem comentários: