Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

31/12/2014

Chávez & Chávez, Sucessores (25) – Keynesianos de todo mundo ponde os olhos no sucesso da revolução bolivariana no combate à deflação, apesar da recessão

«A inflação, a um nível anual, registada no mês de Novembro 2014 subiu para 63,6%", referiu o Banco Central da Venezuela (BCV) num relatório divulgado na terça-feira.

A autoridade monetária atribuiu "a subida da inflação" à onda de manifestações antigovernamentais no país.

A Venezuela entrou também em recessão após registar três trimestres consecutivos de contracção económica, caindo 2,3% no último trimestre.» (negócios online)

É urgente o envio de uma equipa de economistas europeus à Venezuela para estudar o combate o flagelo da deflação e pedir o «pajarito» emprestado a Maduro. Entretanto, como medida de emergência, podemos aproveitar os ensinamentos do BCV e promover manifestações antigovernamentais para incrementar a inflação.

Sem comentários: