Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

12/12/2014

QUEM SÓ TEM UM MARTELO VÊ TODOS OS PROBLEMAS COMO PREGOS: O alívio quantitativo aliviará? (9) – A bazuca de Draghi fez pff…

Outras marteladas.

Recordando: Mario Draghi incluiu em Junho, no seu «whatever it takes» do ano passado, as TLTRO (operações de financiamento de médio longo prazo) e adicionou em Setembro a redução da taxa directora de 0,15% para 0,05% e um novo programa de aquisição de ABS (asset backed securities) emitidos por empresas privadas não financeiras e um programa de compra de covered bonds emitidas por entidades financeiras, com vista a impulsionar o crédito à economia e estimular o crescimento. Isto seria uma espécie de bazuca que deveria atingir em breve um bilião de euros.


Resultados da bazucada: no primeiro leilão de TLTRO em 18 de Setembro, dos 400 milhões previstos o BCE emprestou 213 milhões; no segundo leilão de anteontem, dos 300 milhões previstos o BCE emprestou 130 milhões; o impacto no balanço do BCE será ainda menor no início do próximo ano quando os bancos devolverão os montantes dos leilões de 2012.

Sem comentários: