Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

30/12/2014

O ruído do silêncio da gente honrada no PS é ensurdecedor (101) – Quando eles falarem as coisas vão ficar de outra maneira

«Quando ele falar, e vai falar, as coisas vão ficar de outra maneira. Ao princípio era tudo banditismo, mas agora os portugueses já perceberam que não é assim», disse Mário Soares há tempos, referindo-se a Ricardo Salgado e aproveitando para acusar o governo de querer «atirar tudo ao charco».

Ao princípio não se percebeu o que teria Salgado para falar que poria as coisas de outra maneira. Dois meses e meio depois já sabemos: «Salgado doou 570 mil euros à Fundação Mário Soares desde 2011».

Só ainda não sabemos quem «doou» 222 mil euros para encher o buraco das contas da campanha para as eleições presidenciais de 2011 de Manuel Alegre, mas supõe-se que pode ter sido alguém que também vai falar.

Sem comentários: