Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/06/2012

TIROU-ME AS PALAVRAS DA BOCA: Já somos dois (pelo menos)

A propósito das «críticas inflamadas» a António Borges por ele ter admitido que os salários estavam a baixar e ainda baixariam mais, escreveu José António Saraiva no seu editorial no SOL:
«Confesso que, por vezes, me sinto a viver num país de mentecaptos

1 comentário:

Anónimo disse...

Já o grande guru da esquerda Paul Krugman tinha dito que os salários em Portugal deveriam baixar em média 25%. Na altura os chorões do costume não se indignaram, apenas assobiaram para o lado e nunca mais falaram no assunto.
JEM