Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

30/06/2012

Se o propósito é ajoelhar o país, eles estão a fazer tudo bem

Foi cancelada a greve dos trabalhadores da NAV que  gere o espaço aéreo. Tinha como propósito contestar a «continuada ausência» de respostas do Governo para uma situação de «instabilidade social sem paralelo». Afectaria 2.600 voos e 400 mil passageiros.

Os pilotos da TAP mantêm a greve entre 5 e 8 de Julho e 1 e 5 de Agosto. O sindicato dos pilotos fez questão de esclarecer que esta luta não é por salários mas para combater o «clima degradado» (será o aquecimento global?), a «desigualdade de tratamento» e a política de «em tempo de fome aumente-se o capataz» (está explicado o recurso cada vez mais frequente dos pilotos ao Banco Alimentar).

Com a TAP em trânsito para ser vendida e representando o turismo 15% do PIB, greves no princípio dos dois meses mais fortes na entrada de turistas não podiam ser mais oportunas.

Sem comentários: