Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

17/06/2015

Pro memoria (239) – Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és


«A UE chegou a um acordo provisório para prolongar por mais seis meses a “fase 3” de sanções aplicadas a Moscovo na sequência das acções russas no leste da Ucrânia. Aproximação entre Tsipras e Putin poderá levar Atenas a inviabilizar acordo final sobre a matéria.» (Negócios)

Entretanto, não são apenas os líderes europeus que não confiam no governo Syriza, os autarcas gregos recusam entregar as suas reservas de caixa ao governo.

No prosseguimento da política de amizade entre os povos grego e soviético russo e a comunhão de ideias entre os camaradas líderes Alexis Tsipras e Vladimir Putin, vão ambos encontrar-se na próxima 6.ª feira, encontro que parece angustiar o jornalista do DN que prantou neste artigo um título que diz tudo sobre o que se passa no interior das suas meninges: «A Europa vai entregar a Grécia à Rússia, é isso?»

Sem comentários: