Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

25/11/2011

Estará o eleitorado a sair da adolescência?

Não sei qual o grau de fiabilidade do barómetro da Marktest, mas, depois das medidas inevitavelmente impopulares já tomadas por este governo, depois das manobras do cavaquismo a trabalhar para o seu mentor ficar num rodapé da estória como o amigo do povo, depois do PS ter arruinado o país e continuar a propor agora medidas mistificadoras, se o barómetro valer alguma coisa, poderá a subida para 45,4% do principal partido da coligação significar alguma maturidade do eleitorado?

Declaração de interesse: nada me liga ao PSD, em quem em 35 anos apenas votei 2 vezes. Se fizessem um partido à medida para as minhas preferências seria pouco parecido com este.

Sem comentários: