Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

27/11/2011

DIÁRIO DE BORDO: «PS pergunta a Passos se emigração é solução para jovens desempregados»

A esta pergunta manhosa eu responderia sim, sem a menor dúvida. É solução para jovens, desempregados ou não, e para jovens ou não. É a solução adoptada desde o século XV pelos portugueses pobres e aventureiros, ou simplesmente aventureiros, para escapar à fatalidade das elites merdosas que nos têm governado, nos têm carregado de impostos, nos têm impingido as suas obras subsidiadas, nos têm vendido os seus produtos de má qualidade e na sua maioria têm vivido penduradas no Estado.

Para mencionar só a minha parentela, e haverá muitas outras assim, em 4 gerações existem ou existiram uma dezena de emigrados em meia dúzia de países de 3 continentes. Eu próprio já trabalhei em Portugal e fora para ou com mais de uma dezena de empresas originárias de mais de meia dúzia de países diferentes. Portanto, sim. A emigração é solução para jovens desempregados e emigrar é uma solução melhor e mais digna do que inscrever-se nas juventudes (socialistas ou outras) para fazer carreira à boleia do estado sucial e às custas dos contribuintes.

Sem comentários: