Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/12/2010

Mitos (26) - a pesada herança da longa noite fascista (II)

A economia informal ou paralela, em 1970, em plena ditadura na versão marcelista, representava 9,3% do PIB, segundo um estudo de Nuno Gonçalves, citado pelo Jornal de Negócios. Em 2009, depois de 35 anos de Estado Sucial, representa 24,2%.

Segundo João Duque, em face da situação e das medidas que estão a ser tomadas, será de esperar o aumento da economia paralela. Quanto mais impostos ainda serão precisos aumentar e quanta mais intervenção do Estado será necessária para a economia ficar toda paralela?

Sem comentários: