Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

06/05/2016

Pro memoria (307) - Volta José, estás perdoado

«Sócrates ao lado de Costa na inauguração do Túnel do Marão. Passos recusou convite

Em 2011, pouco tempo depois de Passos Coelho tomar posse como primeiro-ministro, os trabalhos na autoestrada pararam em toda a extensão.

O Governo PSD/CDS resgatou a obra dois anos depois, a empreitada foi concluída pela Infraestruturas de Portugal e abre ao trânsito às 00:00 de domingo.

A nova autoestrada era a maior obra pública em curso no país, teve um investimento global de 398 milhões de euros, dos quais 89 milhões de euros são financiamento comunitário, e o preço das portagens vai dos 1,95 euros para veículos de classe 1 para os 4,90 para veículos de classe 4.»

Mais uma autoestrada que era para ser SCUT, isto é com custos para o contribuinte, e agora é CCUT, isto é com custos para o utilizador e o contribuinte, onde à hora de ponta se percorrerão quilómetros sem avistar nenhum outro veículo.

1 comentário:

Oscar Maximo disse...

É mau, mas não tanto como entrevistar criminosos de Guerra como o Barroso