Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/05/2016

CAMINHO PARA A INSOLVÊNCIA: De como o melhor que pode acontecer ao paraíso prometido aos gregos pelo Syriza é ser um purgatório (LIII) – Outro exemplo a seguir

Outros purgatórios a caminho dos infernos.

Manifestantes protestando com petardos no domingo passado

Um novo pacote de medidas de 5,4 mil milhões de euros em cortes de pensões e aumentos de impostos foi aprovado no domingo pelo parlamento grego por 153 contra 143 votos. Pelo caminho, Alexis Tsipras, o amigo de Costa, ouviu Kyriakos Mitsotakis, o líder da Nova Democracia, dizer-lhe que nunca falou verdade quando disse que «iria abolir os memorandos de entendimento, nem quando disse que iria trazer de volta o pagamento do 13.º mês das pensões». (Greek Reporter)

Dr. Costa, está na hora de continuar a visita de estudo.

Sem comentários: