Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

05/04/2016

BREIQUINGUE NIUZ: Rui Rio, José Eduardo Martins e Morais Sarmento eram os preferidos para liderar o PSD (ACTUALIZADO)

Segundo uma sondagem aos jornalistas de causas, Rui Rio, José Eduardo Martins e Morais Sarmento eram os preferidos dos socialistas, comunistas e bloquistas para liderar o PSD, e só não foram eleitos porque incompreensivelmente o aparelho do PSD não permitiu a presença dos seus apoiantes no congresso.

Aditamento:

Correndo o risco de algum leitor distraído pensar que sou um fã de Passos Coelho (a este respeito só posso dizer que é o pior líder político que temos, com excepção de todos os outros conhecidos e no activo), adopto as palavras de João Miguel Tavares que expressam bastante bem o que penso acerca disso:

«A oposição a Passos Coelho vem toda da actual esquerda do PSD – são aqueles que acham que o ex-primeiro-ministro não foi suficientemente “social-democrata” nos últimos quatro anos. Só que essa definição de social-democracia vai invariavelmente desembocar num modelo de sociedade estatista, alumiado pela eterna lamparina de São Bento, que se mostra esgotado há 20 anos. São aqueles que gostavam que o PSD fosse um bocadinho mais parecido com o PS. E a verdade é esta: todos os nomes que até agora mostraram disponibilidade para serem as novas caras do PSD têm caras mais velhas do que a de Pedro Passos Coelho. (...)

A oposição do PSD está a ver tudo mal: os últimos quatro anos não envelheceram apenas Passos Coelho – envelheceram, e em muito maior proporção, todas as antigas caras do PSD, que hoje em dia parecem múmias de um outro tempo.»

Sem comentários: