Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

05/04/2016

CONDIÇÃO MASCULINA: Precisamos de homens. Não precisamos de criaturas efeminadas com pénis (2)

Este post pode ser considerado uma sequela deste.

Ian Russell McEwan é um escritor inglês que numa determinada fase da sua carreira escreveu sobretudo contos de terror e foi por isso conhecido como Ian «Macabro». O jornal The Times e o júri do Booker Prize parecem apreciá-lo porque o primeiro o incluiu nos 50 melhores escritores britânicos desde 1945 e o segundo lhe deu um prémio pelo seu romance «Amsterdão».

Há dias McEwan disse num discurso na Royal Institution em Londres coisas que M de La Palice não desdenharia ter dito se, porventura, M de La Palice tivesse dito as coisas que lhe atribuem. Respigo duas passagens citadas pelo Guardian – um guardião do politicamente correcto - na tradução do Diário de Notícias:
«Alguns homens na plena posse de um pénis andam agora a identificar-se como mulheres e a exigir a entrada em colégios femininos e o direito a mudar de roupa nos balneários femininos».
«Chamem-me antiquado mas eu acho que as pessoas com pénis são homens.»
Ian «Macabro» McEwan ainda não tinha chamado a minha atenção como escritor mas estas afirmações politicamente incorrectas tornaram-me seu admirador (apesar de entender que há pessoas com pénis que talvez não sejam homens) e, sem surpresa, criaram-lhe um ódio de estimação nos meios LBGT. Bem vindo ao clube, Mr McEwan.

2 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

QUE MACHISTA E REACIONARIO O CROMOSSOMO SEXUAL É UMA CONSTRUÇÃO SOCIAL É COISA DA SUA CABEÇA MACHISTA NÃO EXISTE Y NEM X ISSO FOI INVENÇÃO DOS NAZIS

Anónimo disse...

É muito importante ver o vídeo com Iben Thranholm, no link assinalado por vós em http://impertinencias.blogspot.pt/2016/02/condicao-masculina-precisamos-de-homens.html

A Europa foi formada pelos povos "bárbaros", sob orientação das ordens religiosas romanas que os educaram em agro-pecuária e meteorologia.
Passaram a trabalhar para o seu sustento, separados uns dos outros.
Sempre houve rixas e guerras entre os "bárbaros" mas estas actividades não foram feitas por mulheres. Os homens, além da pila, tinham-nos.
Nunca poderá ser à conta de uns maricas que se ganha uma guerra. Há demasiado poderio em filhos da mamã.

Também haverá sempre idiotas inúteis, perorando sobre o alfabeto.