Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

28/04/2016

ARTIGO DEFUNTO: Se não foste tu foi o teu irmão

Em poucas horas, dezenas de notícias em vários jornais implicaram André Gustavo Vieira da Silva, o publicitário brasileiro que colaborou na campanha eleitoral do PSD, como estando envolvido no «Lava Jato».

A origem das notícias foi uma peça do dia 27 do jornal Público onde, com vasta soma de pormenores sobre o trabalho do publicitário e as suas ligações a Marco António e a Relvas, se deu como adquirida a ligação do publicitário ao Lava Jato. Os tambores rufaram convocando as indignações do costume, associando Passos Coelho e o PSD ao «Lava Jato».

Afinal parece que quem está envolvido não era esse, mas o irmão António Carlos Vieira da Silva Júnior. Até agora vários jornais corrigiram a notícia inicial mas o Público não se deu ao trabalho de o fazer.

Actualização:
Veja-se no Insurgente o inventário (incompleto) das notícias, tentando «associar Passos Coelho à operação Lava Jato» e o desmentido da Procuradoria Geral da República e tome-se nota que a mesma gente que quer desacreditar Passos Coelho por uma ligação inexistente ao Lava Jacto, limpa a folha dos pêtistas que no Brasil estão de facto ligados a esse e outros esquemas de corrupção.

Sem comentários: