Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

14/11/2013

Títulos inspirados (18) – Muitos portugueses prefeririam ser órfãos (sou um deles)

«Soares, o "papá dos portugueses", gosta de Sócrates» titula o Expresso, citando Bertrand Delanoë, o presidente da câmara de Paris.

3 comentários:

Anónimo disse...

mal por mai, antes filho de pai incognito..

neves

Anónimo disse...


Atacar o Governo Português em França não é traição?
Pelo menos esta sabujiçe em relação à Pátria das luzes não é nova e no mínimo é uma vergonha para qualquer Português que se preze.

jsp disse...

Sendo o Delanoe maricas, a coisa pode ter mais do que uma interpretação...