Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

27/11/2013

CAMINHO PARA A INSOLVÊNCIA: O Vítor Gaspar de Vila Nova de Poiares

Depois de Bernardino Soares em Loures, que se queixou da pesada herança socialista, temos o caso do novo presidente da câmara de Vila Nova de Poiares do PS, sucessor do dinossáurio Jaime Marta Soares (PSD) presidente desde 1974, que se queixou da pesada herança social-democrata que consiste numa dívida de 30 milhões, de onde cada um dos 7.281 habitantes (censo 2011) deve a módica quantia de 4.120 euros a adicionar à quota-parte na dívida pública que deve andar pelos 21 mil euros per capita. Um exemplo de como a tendência dissipadora e a atracção pela bancarrota ataca quer o PSD, quer o PS – é o «S».

1 comentário:

Anónimo disse...

Acho que Vexas têm toda a razão: è o "S",
de Sacripanta,
de Safado,
de Sonegador,
de Salafrário,
de Sacanice,
de Sicário,
de Sina,
de Sub,
de Socalcar,
de Sofrer,
de Sofisma,
de Solidão,
de (in)Segurança,
de Saquear.
Creio que, por hoje, chega.
Abraços do eao