Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

27/11/2013

CAMINHO PARA A INSOLVÊNCIA: O Vítor Gaspar do Largo do Intendente

Depois de Bernardino Soares em Loures, que se queixou da pesada herança socialista, e do novo presidente da câmara de Vila Nova de Poiares do PS, que se queixou da pesada herança social-democrata, temos António Costa, o presidente da câmara de Lisboa, agora instalado no Largo do Intendente, que não se podendo queixar da sua própria herança (recordar aqui) queixou-se da redução de impostos que o governo lhe impôs e por isso «terá de aumentar taxas municipais no próximo ano para compensar a perda de receita do previsto fim da derrama e do IMT.»

1 comentário:

Anónimo disse...

Provérbio Moçambicano:
Se na estrada vires uma cobra e um indiano, mata o indiano.
eao