Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

23/11/2013

Presunção de inocência ou presunção de culpa? (16) - Antigamente os criminosos europeus fugiam para o Brasil

A semana passada, Henrique Pizzolato, director de marketing do Banco do Brasil, acusado, julgado e condenado pelo Supremo Tribunal Federal brasileiro por lavagem de dinheiro, corrupção passiva e peculato no âmbito do processo «mensalão» fugiu para Itália antes de a polícia o procurar em sua casa.

Esta semana, Tony Nagy, assessor da Secretaria Municipal do Trabalho do estado de São Paulo, a ser investigado por suspeitas de enriquecimento ilícito pediu a demissão do cargo por email e fugiu para a Europa.

Sem comentários: