Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

12/11/2013

Títulos inspirados (17) – Jornalismo de causas elege Rui Machete guru dos mercados de capitais

«Mercados ignoram Machete e juros descem», titulou o DN, acrescentando que a «"Gaffe" de Machete teve pouco eco além-fronteiras. Mercados focam-se nos dados económicos e na Moody's

É claro que o jornalismo internacional, as agências de rating e os mercados em geral se estão borrifando para o que tem a dizer um cromo residente nas Necessidades sobre qualquer assunto e em particular sobre taxas de juro. As únicas orelhas disponíveis para escutar a manifestação dos estados de alma da criatura são as orelhas das almas penadas condenadas pela obediência à doutrina ou pelo dever profissional (mais a primeira do que o segundo) a correr atrás da criatura com microfones ou blocos de notas ou iPads para registar as suas inanidades.

Sem comentários: