Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

08/11/2013

Bons exemplos (69) - A justiça espanhola nos calcanhares dos banqueiros

Um juiz espanhol do tribunal criminal ordenou quarta-feira a prisão de cinco ex-directores da caixa mútua CAM de Alicante, acusados de fraude, manipulação de preços e má conduta corporativa.

A CAM estava intervencionada pelo Banco de Espanha desde Julho de 2011 que injectou 5,25 mil milhões de euros dos contribuintes e foi vendida este ano ao Banco Sabadell por um euro.

Estas prisões seguem-se à do antigo presidente da Caja Madrid, incorporada mais tarde no Bankia, por negligência na compra pela Caja Madrid de um banco americano falido.

Nós por cá temos o Dr. Oliveira Costa e a sua pulseira como exemplar único de banqueiro acusado. Deveríamos conservar a criatura em formol para ainda andar por cá quando o julgamento terminar num futuro longínquo.

(Fonte: Financial Times e Infolibre)

Sem comentários: