Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

15/11/2013

SERVIÇO PÚBLICO: O princípio do princípio (25)

Continuação de (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7), (8), (9), (10), (11), (12), (13), (14), (15), (16), (17), (18), (19), (20), (21), (22), (23) e (24)

Segundo a estimativa rápida do INE (Destaque de ontem), o PIB aumentou 0,2% em relação a trimestre anterior depois de ter aumentado 1,1% no 2.º trimestre relativamente ao 2.º. Seria uma boa notícia se não fosse acompanhada pela redução do contributo da procura externa líquida, redução devida ao aumento das importações, o que é uma má notícia para o Portugal Que Trabalha porque reflecte uma redução do ritmo de redução do envidamento externo.

Sem comentários: