Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

26/03/2017

Lost in translation (287) - A democracia e o défice

Diz-se que Costa se exprime em português - no dialecto politiquês, o que pode fazer toda a diferença. Daí que, quando ele vai além da troika e se pavoneia que alcançou o défice mais baixo da democracia, ao mesmo tempo que tenta controlar ou condicionar instituições independentes como o Banco de Portugal ou o Conselho das Finanças Públicas, devemos talvez traduzir que sob a sua batuta (e do presidente dos Afectos) a democracia está a caminho de atingir o seu maior défice.

Sem comentários: