Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/03/2017

ACREDITE SE QUISER: No país dos sovietes

«O governo quer que o Banco de Portugal, gerido por Carlos Costa, aumente os guardas da GNR que desde 1995 fazem a segurança do complexo do Carregado, que alberga as reservas de ouro do país.

Em resposta a um requerimento do PCP, a ministra da Administração Interna (MAI), Constança Urbano de Sousa, garante que vai pedir ao comando-geral da GNR que "reavalie o protocolo" com o Banco de Portugal, que data dos anos 90 do século passado, "designadamente no que concerne aos montantes que estão a ser pagos pela prestação de serviço ao Banco de Portugal"».(Expresso)

Sem comentários: