Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

31/07/2012

Estado empreendedor (66) – móbil do assalto ao BCP

Filipe Pinhal, ex-administrador e ex-presidente do BCP, explicou ontem em tribunal que o assalto ao BCP foi parte de uma estratégia do governo Sócrates para obter financiamento garantido para os projectos megalómanos (TGV, novo aeroporto, terceira travessia do Tejo).

Filipe Pinhal apontou o dedo a Sócrates, Teixeira dos Santos, Carlos Pina, Carlos Santos Ferreira e Armando Vara, os 3 primeiros no governo e os 2 últimos na Caixa, e ainda ao «candidato a agitador, Joe Berardo».

Nada que não se soubesse já. Leia-se por exemplo «Cronologia de um golpe», um artigo já com 3 anos de Pedro Lomba no Público.

Sem comentários: