Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

15/10/2011

Pro memoria (39) – tenham medo, tenham muito medo

«Não deixaremos de, parceria público-privada a parceria público-privada, contrato a contrato, saber quem, porquê e como estiveram na origem dos encargos insustentáveis», garantiu Passos Coelho ontem no parlamento.

Tomemos nota para conferência futura. Se tomada à letra, esta garantia exigiria um investimento de muitos milhões de euros para construir uma prisão onde guardar os «agentes» responsáveis pelos «encargos insustentáveis». Seria uma espécie de parlamento com todos os partidos representados e uma maioria absoluta do PS comandada pelo animal feroz que teria de continuar os seus estudos de filosofia por correspondência. Seria também necessária uma cela de segurança máxima para armazenar o Bokassa das Ilhas.

Sem comentários: