Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

03/10/2011

ARTIGO DEFUNTO: A arte de bem titular

António José Seguro, o mesmo que durante 6 anos assistiu impassível à manipulação das contas públicas levada a cabo pelo governo do seu camarada Sócrates (*), classificou a conferência de imprensa do ministro das Finanças sobre a situação financeira na Madeira com «uma maquilhagem feita para proteger eleitoralmente o PSD na Madeira».

Uma maquilhagem alegada pelo líder do PS passou no título do Expresso a uma maquilhagem de facto: «Vítor Gaspar fez "maquilhagem para proteger PSD na Madeira"»

Percebe-se o estado de necessidade política do Tozé, percebe-se o estado de necessidade financeira da Imprensa e percebe-se o papel da banca do regime na satisfação das necessidades financeiras, mas não seria possível um pouco mais de decoro?

(*) Em caso de dúvida, para reavivar a memória, recomendo uma releitura destes posts.

Sem comentários: