Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/10/2010

A melhor piada do ano

«I don't want a tomato picked by a Mexican. I want it picked by an American, then sliced by a Guatemalan and served by a Venezuelan in a spa where a Chilean gives me a Brazilian. Because my great-grandfather did not travel across 4,000 miles of the Atlantic Ocean to see this country overrun by immigrants.» [Los Angeles Times]
Stephen Colbert do Daily Show de Jon Stewart

Aquela não é a melhor piada do ano. É a segunda melhor. A melhor é um subcomité do Congresso americano ter convidado um comediante de origem inglesa a depor sobre o problema da imigração sem perceber que Colbert iria previsivelmente transformar o depoimento numa performance.

Sem comentários: