Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/10/2010

LA DONNA E UN ANIMALE STRAVAGANTE: O poder do tálamo

Segundo a Forbes, Michele Obama é a mulher mais poderosa do mundo. Eu não acho nada. Se ao menos fosse Angela Merkel (4.ª) ou Julia Gillard (58.ª). O que diriam as feministas assanhadas se nos anos 80 a Forbes tivesse considerado Denis Thatcher como um dos homens mais poderosos do mundo? Teriam queimado os sutiãs?

Sem comentários: