Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

16/02/2017

ACREDITE SE QUISER: Redes móveis tão rápidas quanto a fibra óptica

Desde os primórdios da transmissão de dados pelas redes móveis com a tecnologia 1G em 1980, atingindo uns poucos kbps, até à actual 4G, as velocidades têm vindo a crescer e poderão atingir 10 Gbps na futura 5G (em 2020).

Isso foi antes de a Hiroshima University, o National Institute of Information and Communications Technology e a Panasonic Corporation anunciarem o desenvolvimento de um transmissor por satélite capaz de atingir mais de 100 Gbps num único canal na banda 300-GHz. Ou seja 10 vezes mais do que a anunciada 5G e tão rápida quanto as ligações por fibra óptica, o que significa que os telemóveis do futuro poderão ser equivalentes na transmissão de dados aos actuais desktops ligados às melhores redes fixas.

Espera-nos mais bullshit, pós-verdades e factos alternativos twitados, retwitados, whatsappados, snapchapados ad infinitum por todos os incontáveis idiotas deste mundo à velocidade de 100 Gbps.

Sem comentários: